Por que cuidar de pessoas se tornou a profissão do futuro? Entenda aqui!

Por que cuidar de pessoas se tornou a profissão do futuro? Entenda aqui! | Escola da Paz

Cuidar de pessoas idosas é uma profissão que auxilia na dignidade e qualidade de vida dos indivíduos que já atingiram a longevidade. Esse profissional tem o papel de ajudar os idosos em tarefas básicas diárias: tomar medicamentos, realizar a higiene e alimentar-se de forma correta. 

Ainda, dá apoio psicológico, ajuda na locomoção e presta atenção a tudo que acontece no seu dia a dia. Isso exige que esse seja um profissional paciente, prestativo e que tenha conhecimentos na área para executar o trabalho com excelência.

Com a população envelhecendo, o mercado de trabalho para quem deseja ingressar na área está cada vez mais promissor. Então, se você quer entender melhor como cuidar de pessoas se tornou a profissão do futuro, não deixe de conferir este artigo! Boa leitura!

Saiba por que cuidar de pessoas idosas é a profissão do futuro

Envelhecer faz parte do processo natural da vida de todo ser humano. Nessa fase, muitas vezes é preciso receber cuidados para assegurar a saúde e o bem-estar de quem sempre esteve atento à família. 

Nos dias de hoje, o idoso consegue cada vez mais superar suas limitações, com ajuda da tecnologia e de cuidadores de pessoas, que o auxiliam a ter uma maior autonomia em suas atividades diárias.

Com o avanço da idade, é natural que as pessoas passem a apresentar algumas limitações. É nesse momento que as famílias têm que tomar a decisão de determinar ou contratar uma pessoa para o cuidado. Ao fazer isso, os direitos essenciais de quem está na terceira idade ficam garantidos, pelo fato de eles passarem a ter maior qualidade de vida para desenvolver suas funções e manter suas necessidades sociais.

Todos esses fatores tornam o cuidar de pessoas idosas a profissão do futuro. Entretanto, para saber desempenhar esse papel com excelência, é preciso que esses profissionais sejam uma boa companhia, tragam segurança e autonomia a essas pessoas.

Para que isso seja possível, é necessário entender como funciona o processo de envelhecimento, ao saber reconhecer as necessidades básicas dos idosos — além de ter conhecimento sobre os cuidados que devem ser tomados na residência dessas pessoas ou nas organizações que as abrigam, tendo a melhor relação possível com todos os presentes.

Veja como a profissão de cuidador de idosos foi a que mais cresceu no Brasil

No final de 2019, houve um crescimento de 547% no número de cuidadores de idosos no país, segundo dados do Ministério do Trabalho, o que a torna a profissão que mais cresceu no Brasil.

Esse dado tem relação direta com o aumento da expectativa de vida da população brasileira, com as pessoas vivendo cada dia mais. Isso faz com que mais idosos precisem do apoio desses profissionais de saúde

Ainda, a expectativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) é de que, em 2050, a população da terceira idade dobre, passando de 9,5% para 21,8% do total de brasileiros.

Curiosidade

O trabalho de cuidar de pessoas idosas é reconhecido pelo Ministério do Trabalho desde 2001, além de ser incluído na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), com o código 5162-10.

Confira as dicas para seguir na profissão de cuidador de idosos

Para que se tenha êxito na profissão de cuidador de idosos, é necessário realizar um curso profissionalizante nessa área. Nas aulas, o estudante é orientado sobre as melhores formas de desenvolver suas atividades com excelência, independentemente de o idoso apresentar ou não algum tipo de patologia. 

Na grade curricular, o estudante vai ter a oportunidade de aprender sobre mobilidade do idoso, quem é o cuidador, legislação trabalhista, higiene e conforto, distúrbios comuns em pessoas idosas, situações especiais e funções do cuidador — além de ter contato com o estatuto do idoso, princípios da alimentação saudável para indivíduos na terceira idade, envelhecimento e medicamentos.

A formação tem duração média de 20h/aula e, para participar, é necessário ter ensino fundamental completo.

Perfil do cuidador de idosos

Para saber se você tem o perfil de um cuidador de idoso, é fundamental, além de ter conhecimento na área de saúde, ser uma pessoa paciente, responsável, organizada e simpática, para dar conta de acompanhar o ritmo dos seus pacientes. 

É de extrema importância que esse profissional também seja uma pessoa que tenha delicadeza, sensibilidade e empatia, visto que só poderá ter sucesso na profissão se souber se colocar no lugar do outro.

Local de trabalho

Esse profissional normalmente atua em residências familiares para cuidar de um idoso específico. Nesse trabalho, é comum o cuidador passar o dia todo com as pessoas que estão sendo assistidas e, se houver necessidade, pode até dormir no imóvel. Nesse caso, seu salário costuma ser mais alto, visto que haverá uma dedicação maior.

Contudo, também é possível ser contratado por uma clínica, asilo ou casa de repouso, tendo contato com um maior número de pessoas. Com isso, ele tem a função de cuidar de todos os idosos que estão no local, auxiliando na higiene, alimentação e atividades realizadas ao longo do dia.

O salário para cuidar de pessoas idosas varia de acordo com o contrato e as funções desempenhadas pelo cuidador. De forma geral, costuma ser entre R$ 1.251 e R$ 2.421.

Com as informações que apresentamos neste conteúdo, fica mais fácil entender o motivo pelo qual cuidar de pessoas idosas se tornou a profissão do futuro, não é mesmo? 

Se você gosta da área de saúde e de lidar com pessoas, não deixe de investir em uma qualificação profissionalizante. Dessa forma, você será um profissional cada vez mais capacitado e com o perfil esperado para atuar no setor na melhor forma possível, atuando com excelência para satisfazer as necessidades daqueles que precisam.

Está preparado encarar esse desafio profissional e aumentar suas chances de empregabilidade? Então, não perca tempo e assine nossa newsletter para saber mais sobre esse e outros assuntos da área de saúde!

Comentários

Posts Relacionados

dicas de como escolher a melhor escola de enfermagem
terça-feira, 10 Dezembro, 2019 - 08:34
Por Laura Pita
Quais são os EPI de enfermagem indicados?
quinta-feira, 21 Novembro, 2019 - 12:02