Ações sociais: o valor humano na Enfermagem

Ações sociais: o valor humano na Enfermagem

O início da jornada de formação profissional é um caminho de novas descobertas e de muito conhecimento. Na Escola da Paz, além do ensino das técnicas e aprimoramento das habilidades para ser um bom profissional da Enfermagem, os alunos possuem durante a sua jornada educacional alguns ensinamentos humanos. 

Durante o curso, o foco no ensino das habilidades técnicas é grande, afinal para ser um bom profissional é imprescindível este conhecimento. Porém, o profissional do futuro na Enfermagem precisa se destacar em algo que nenhuma máquina ou robô pode fazer: o valor humano. 

E é pensando na formação de profissionais da Enfermagem humanizados que entendam o seu papel na sociedade como pessoas que cuidam de pessoas que durante o curso que os alunos desenvolvem dentro da sala de aula diversos projetos sociais dentro de sala de aula: campanhas, ações pontuais, doações, etc. 

Plantando a semente do bem 

Segundo a professora Enfermeira Simone Souza, o que a inspira para seguir proporcionando atividades é oportunizar aos alunos a vivência de uma realidade que muitas vezes passa despercebida por muitos deles. 

"Às vezes, o aluno não enxerga que há pessoas que vivenciam uma realidade que muitas vezes está fora do alcance do seu dia-a-dia. Então é uma forma para que eles consigam entender que com pequenos gestos como um abraço, uma música, um café da manhã nós podemos mudar um pouco a realidade dessas pessoas."

Para a professora Simone Souza, o objetivo com estas ações é justamente de que estes alunos levem para as suas vida esse sentimento como uma nova habilidade. Esta que talvez seja tão ou mais importante para os profissionais de Enfermagem atualmente.

De acordo com a sua experiência com turmas anteriores, observa que as ações sociais dentro de sala de aula despertam um espírito de cidadania em cada um. De forma que os alunos compreendam que mesmo após a conclusão do curso e já como profissionais da Enfermagem, eles sejam replicadores e continuem ajudando outras pessoas mesmo com pequenas atitudes e gestos, desde que isso reflita na sua alma e no seu coração. 

O ganho intangível que as atividades proporcionam na formação profissional não é mensurável. 

"A gente fala muito em humanização e pensa em coisas grandes, mas às vezes um bom dia, boa tarde, um abraço, um sorriso... Isso faz a diferença na vida das pessoas. Então, eu vejo que quando eles terminam essas atividades eles conseguem entender a grandiosidade que eles tem dentro deles; e que eles podem com o pouco que eles fazem mudar a vida das pessoas. Eles conseguem entender que sozinhos não conseguem modificar muitas coisas, mas que o trabalho em equipe faz eles irem longe. E a gente observa depois nas redes sociais, quando estão no mercado de trabalho continuam fazendo isso de alguma forma. É muito prazeroso ver um ex-aluno praticando essas ações em outros lugares. É uma semente que plantamos."

Não tem hora nem lugar, o importante é fazer o bem

A disciplina muitas vezes não tem mais um vínculo pedagógico com a ação, mas acontece. No estágio curricular obrigatório de 2019, os alunos foram tomados por uma onda de solidariedade que expandiu os horizontes dos campos de estágio, todos os alunos se empenharam na campanha do Hospital Municipal de Novo Hamburgo na arrecadação de materiais de higiene e roupinhas  para a Maternidade do Hospital. 

O mesmo aconteceu em São Leopoldo, no Hospital Centenário, em que os alunos do início do curso se juntaram numa corrente do bem para arrecadar lãs e mantinhas para os recém nascidos da fundação hospitalar. A atividade compôs o componente curricular de Humanização e Ética da turma sob supervisão da Professora Enfermeira Simone Souza.

Outras ações sociais desenvolvidas durante o curso

Doação de roupas para pacientes da emergência do Hospital Geral de Novo Hamburgo. Veja publicação no Instagram >>

Animando a manhã da melhor idade. A turma 43A fez visita ao lar de idosos com atividades de manicure, corte de cabelo, maquiagem, atividades recreativas, brincadeiras e café da manhã. Veja publicação no Instagram >>

Dia das Mães Especial. Alunas do curso Técnico em Enfermagem fizeram trabalho voluntário pelo dia das mães com as mamães da maternidade do Hospital Centenário de São Leopoldo. No dia, teve maquiagem especial e muita produção para um book fotográfico. A ação valorizou o papel de mãe e elevou a autoestima neste momento de muita emoção. Veja publicação no Instragram >> 

Doação de poltronas para a maternidade do Hospital Centenário. Os alunos se mobilizaram na venda de rifas e outras atividades para prover ao Hospital Centenário e a Unidade da Maternidade poltronas para os acompanhantes das gestantes. Ao todos foram doadas, pelos alunos das turmas 43A e C, 10 poltronas. Veja publicação no Instagram 43A >> e 43C >>

Conhecimento é poder sim! 

Os alunos da turma 41A elaboraram um banner com os conhecimentos aprendidos em sala de aula sobre os métodos não farmacológicos para o alívio da dor do parto. 

O material está exposto na maternidade do Hospital Centenário. E faz parte das atividades de prevenção e orientação dos profissionais da Enfermagem. 

Veja a publicação no Instagram >>

Comentários

Posts Relacionados

Alunos do ensino fundamental visitam a Escola da Paz
quarta-feira, 31 Julho, 2019 - 11:43
Por Laura Pita