Conheça os profissionais que integram as equipes de Enfermagem

profissionais da equipe de enfermagem

Uma das essências da enfermagem é o trabalho coletivo. Não é possível imaginar uma instituição hospitalar que não possua a presença de profissionais que, em geral, atuam juntos para proporcionar o bem-estar e o acolhimento dos pacientes.

Difundida como a “ciência do cuidar”, a Enfermagem tem como foco a assistência ao tratamento de doenças e a implementação de planos de cuidado, trata-se de uma atividade baseada na ética e nos bons valores.  

Diante das evoluções e da popularidade da profissão, atuar em equipes de enfermagem se tornou uma ótima opção para pessoas que se identificam com a área da saúde e buscam por novas oportunidades.

Como se sabe, existe um leque de possibilidades. Por isso, nesta publicação, vamos explicar um pouco sobre o funcionamento dessas profissões e suas respectivas áreas de atuação. Confira!

Enfermeiro

Formação: Graduação - Nível Superior

Trabalha com a organização, direção, planejamento, coordenação, execução e avaliação dos serviços de assistência de enfermagem.

Este profissional é o que prescreve a assistência de enfermagem, trata dos cuidados aos pacientes mais graves com risco de vida, com maior complexidade técnica, que exigem conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas. A atuação do enfermeiro não é limitada aos órgãos de saúde como hospitais, clínicas e postos de atendimento. Ele também pode trabalhar com atendimento em domicílio ou empresas privadas.

Onde estudar? Em instituições de Ensino Superior.

Técnico em Enfermagem

Formação: Técnico - Nível Médio/ Técnico

Esse profissional se envolve na orientação e no acompanhamento do trabalho do enfermeiro. Em grau auxiliar e sob supervisão, ele participa das equipes de enfermagem por meio do planejamento e execução de ações assistenciais. O profissional pode atuar em hospitais, clínicas, ambulatórios, empresas e em outros espaços de saúde.

Com a duração de dois anos, divididos em aulas teóricas e práticas, o curso permite que o aluno realize participações em ações com a comunidade e estágio obrigatório. Com ele, o aluno se torna apto para a vivência da profissão com aulas feitas diretamente em hospitais conveniados sob supervisão de professor enfermeiro em tempo integral.

Onde estudar?  Instituições de Ensino Técnico

Auxiliar em Enfermagem

Formação: Auxiliar - Nível Médio

Este profissional é um dos integrantes das equipes de enfermagem. Ele exerce serviços auxiliares de enfermagem sob supervisão e participa, em nível de execução simples, de processos de tratamento. Dentre as suas funções, ele deve observar, reconhecer e descrever sintomas e sinais. Além disso, realizar ações de tratamento simples, cuidados de higiene e conforto ao paciente.

Onde estudar? Por meio da legislação (Decreto n° 2.208/97), não existe mais a formação para habilitação profissional de auxiliar de enfermagem, ele passa a integrar o itinerário de profissionalização e habilitação do técnico em enfermagem.

Parteiros e Doulas  

Ainda que exerçam atividades na mesma área e possam participar das equipes de enfermagem, existem algumas diferenças entre as funções das doulas e dos parteiros. Ambos atuam no campo da obstetrícia, prestam assistência e acompanhamento às mulheres em trabalho de parto, pós-parto ou pré-natal. São pessoas habilitadas, que oferecem apoio físico e emocional à paciente.

No entanto, há diferenças entre as exigências de ensino para a atuação. O curso de formação de parteiros no Brasil foi extinto (Lei n° 775/1949) quando a profissão foi incorporada aos cursos de enfermagem com especialização em assistência obstétrica. Ou seja, esses profissionais devem possuir curso superior.

Já o trabalho da doula não é regulamentado como profissão, ainda que o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimulem a atividade. Além do suporte físico e psicológico, elas orientam os pais sobre certos procedimentos considerados desnecessários ou invasivos. 

Em quais áreas os profissionais de enfermagem podem trabalhar?

Como comentamos, o mercado para os profissionais de enfermagem é muito vasto e repleto de possibilidades. Quem possui o interesse de atuar na área, depois de apto, terá diversas oportunidades de escolha sobre em qual setor trabalhar. Por isso, vamos enumerar alguns campos de atuação: 

1. Home Care (ou Assistência Domiciliar)

Como o próprio nome indica, o Home Care possibilita a prestação de assistência na casa do paciente. Nele, médicos e profissionais das equipes de enfermagem (técnicos, auxiliares, fisioterapeutas e outros) garantem a segurança e o tratamento do paciente no conforto do lar.  Na maioria dos casos, é indicado quando o paciente ainda precisa de cuidados médicos, mas não depende exclusivamente de um regime de internação hospitalar. 

2. Centros de Saúde 

Nos Centros de Saúde, instituições mais próximas das comunidades, os pacientes recebem atenção primária. Isso quer dizer que são realizadas atividades de caráter preventivo, curativo e de reabilitação. Por exemplo: são feitos diagnósticos e tratamentos em níveis diferenciados. Normalmente, essas instituições possuem uma equipe de enfermagem, chefiada por um médico. 

3. Instituições de Ensino

Outra área muito frutífera no campo da enfermagem é a acadêmica. Os profissionais da saúde podem atuar na realização de pesquisas científicas ou clínicas. Através de  análises, podem auxiliar (ou coordenar) o planejamento e a implementação de estudos que ajudam no desenvolvimento dos serviços prestados em hospitais. Da mesma forma, podem trabalhar em escolas e universidades. 

4. Clínicas e Hospitais

Como se sabe, os serviços de saúde de uma equipe de enfermagem também são prestados em clínicas e hospitais, onde as áreas de atuação são ainda mais abrangentes. Nas clínicas e consultórios as estruturas físicas são menores e elas costumam ser de médicos independentes. Dentre os serviços prestados, estão os exames, os diagnósticos e o tratamento de doenças. 

Já os hospitais possuem maiores instalações e setores. Também conta com mais funcionários. Nele, os profissionais da saúde realizam diversas funções como a preparação dos pacientes, avaliação de ferimentos, auxiliam em interações e na sondagem dos sintomas.

Diante de tantas possibilidades, é perceptível como o campo da enfermagem é bastante frutífero, exige capacidade e desenvoltura dos seus profissionais, certo? Se você possui o interesse em se aventurar na área da saúde, pretende fazer parte de uma equipe de enfermagem e gostou do nosso conteúdo, não deixe de compartilhar nossa publicação nas suas redes sociais!

mercado de trabalho

Comentários

Posts Relacionados

profissional da saúde de braços cruzados e estetoscópio no pescoço
terça-feira, 16 Outubro, 2018 - 07:54
Como conciliar trabalho e estudo? Aprenda com dicas!
quarta-feira, 10 Outubro, 2018 - 09:03
Por Laura Pita