Conheça as principais vantagens dos cursos técnicos

Conheça as principais vantagens dos cursos técnicosOs cursos técnicos têm atraído cada vez mais pessoas que buscam alcançar uma colocação no mercado de trabalho e ter um melhor retorno financeiro. E isso não é à toa, visto que eles proporcionam um retorno mais rápido para quem está investindo na própria formação. Dessa forma, é possível dar os primeiros passos para uma carreira estável e, inclusive, continuar a se qualificar posteriormente, fazendo uma graduação.

No entanto, você sabe quais são, de fato, as principais vantagens que os cursos técnicos oferecem e, principalmente, o que levar em conta ao optar por um deles? Para responder essas questões, preparamos este post especial. Continue sua leitura e descubra!

Quais as vantagens dos cursos técnicos?

Além do retorno financeiro mais rápido e das oportunidades no mercado de trabalho, como citado, essa formação oferece uma grande variedade de benefícios. Veja os principais!

Conteúdo prático, dinâmico e voltado para uma formação profissional

A primeira vantagem é que o formato do curso técnico, ao contrário de uma graduação, não tem uma carga teórica tão densa e, por vezes, demasiadamente extensa. Na realidade, ele aborda mais aspectos práticos focados no desenvolvimento e aperfeiçoamento de habilidades e competências necessárias para que o profissional esteja apto a exercer suas atividades.

Dessa forma, desde o primeiro dia de aula, os estudantes são preparados para estarem sempre atualizados e capacitados para entenderem as exigências do mercado de trabalho. Por conta disso, os estudantes desfrutam de uma estrutura curricular muito mais equilibrada entre o aprendizado em sala e a vivência da profissão durante o estágio

Outro ponto positivo de uma grade mais enxuta e concisa é que os alunos podem se formar em menos tempo — geralmente cerca de dois anos — e já se empregarem. Isto é, uma duração inferior a um bacharelado ou a uma licenciatura que levam, no mínimo, quatro anos.

Processo seletivo simplificado

Outra grande vantagem dos cursos técnicos é a seleção simplificada dos alunos. Isso porque você não precisa realizar o Enem ou um vestibular tradicional para concorrer contra diversas pessoas por apenas uma vaga, como acontece nas universidades.

Nesses casos, o processo pode levar mais tempo do que o esperado, além de exigir uma grande imersão nos conteúdos dos ensinos fundamental e médio — algo que nem sempre é possível para quem já trabalha, tem filho e/ou parou de estudar há alguns anos. 

É por essa razão que, nas escolas técnicas, é preciso somente atender aos pré-requisitos (como escolaridade e idade mínimas) e apresentar a documentação indicada pela instituição — que são etapas mais rápidas, práticas e, acima de tudo, humanizadas.

Alta taxa de empregabilidade

Por fim, vale ressaltar que a taxa de empregabilidade para profissionais técnicos está em alta em todo o país. Segundo o 27º RADAR, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), isso se comprova pelo número de empregos gerados (402.490) nos últimos anos, em todo o território, para quem tem formação técnica.

Além disso, o mesmo levantamento constatou que os profissionais da área de saúde humana — como os técnicos em enfermagem — são os que mais têm oportunidades de emprego, pois, do total de vagas, cerca de 24% foram ocupados apenas por eles.

O que analisar para escolher o curso ideal? 

Agora que você já se convenceu das vantagens dos cursos técnicos, é hora de aprender o que deve ser analisado antes de se matricular em um deles. Não basta escolher o primeiro que aparecer, afinal de contas, você está dedicando não apenas tempo e dinheiro, mas também se empenhando em aprender novas habilidades para alcançar uma formação que o permita construir uma trajetória profissional.

Logo, nada mais natural do que desejar sentir-se confiante e seguro com a escolha feita, não é verdade? Por isso, nós reunimos, abaixo, alguns aspectos que devem ser levados em conta durante a sua decisão. Confira!

Histórico da instituição

Para começar, pesquise sobre o histórico da instituição de ensino que oferece o curso desejado. A razão disso é que as escolas de renome no mercado se consolidaram ao longo dos anos por realmente seguirem aquilo que assumem como missão: a formação de profissionais de excelência. 

Para tanto, além de adotarem valores e objetivos sólidos que são seguidos por todos os funcionários e compartilhados no dia a dia com os alunos, eles devem investir constantemente em:

  • contratação de novos professores capacitados e experientes; 
  • planejamento (e atualização) dos projetos pedagógicos dos cursos;
  • oferta de cursos extras de qualificação e de extensão; e
  • infraestrutura adequada para o fomento do aprendizado coletivo (com salas com audiovisual, laboratórios com equipamentos, bibliotecas, espaços de informática etc.).

Corpo docente

Outro aspecto importante a ser analisado é o corpo docente, pois são os professores os responsáveis por transmitirem conhecimento, estimularem o seu pensamento crítico e ajudarem-no a desenvolver suas habilidades em sala de aula. Isso sem mencionar, é claro, que eles têm um papel crucial em sua capacitação para uma carreira profissional.

Por isso, informe-se a respeito da especialização de cada membro — se além da licenciatura, têm mestrado e doutorado, por exemplo — e se eles já atuaram (ou atuam) no mercado de trabalho, garantindo, assim, que eles possam contribuir com a experiência em casos reais aliados ao saber teórico.

Perfil do curso

Fora o que já foi dito, não deixe de conferir os detalhes do curso para garantir que ele está, de fato, alinhado com as práticas da profissão — preparando-o para vivenciá-las depois de formado.

Por exemplo, se você quer estudar para ser técnico em enfermagem, analise a grade curricular para conferir as disciplinas que fazem parte dela (como Anatomia e Fisiologia Humana, Nutrição aplicada à Enfermagem e Cuidados de Enfermagem em Terapia Intensiva) e as especificações do estágio supervisionado.

Além disso, é essencial estar seguro de que o curso escolhido é compatível com você. Ou seja, se:

  • há interesse/afinidade pelas disciplinas;
  • possui as habilidades exigidas;
  • cumpre os requisitos para matrícula;
  • os horários das aulas e dos estágios são compatíveis com a sua rotina;
  • a mensalidade é acessível (e se há descontos e bolsas disponíveis), entre outros.

Agora que você está por dentro das principais vantagens dos cursos técnicos e, em especial, como escolher aquele que vai assegurar uma formação completa, é hora de se programar e correr atrás do seu futuro profissional!

Para conhecer mais o que podemos oferecer e acrescentar em relação a sua formação técnica profissional, entre contato com a gente agora mesmo. Teremos grande satisfação em ajudar!

Comentários

Posts Relacionados

 rotina de trabalho na saúde
quarta-feira, 11 Julho, 2018 - 10:28
Por Laura Pita