Curso de interpretação dos principais exames de laboratório clínico

Curso de interpretação dos principais exames de laboratório clínico

Quando tratamos de corpo humano, devemos considerar que são diversas estruturas envolvidas e sincronizadas para o bom funcionamento. O processo de doença retrata condições de causas e consequências, ou seja, um determinado agente é capaz de desencadear uma série de respostas metabólicas.

Tais respostas envolvem parâmetros, os quais devem ser mensurados e avaliados de acordo com as referências preestabelecidas. Nesse caso, são solicitados exames complementares laboratoriais que englobam importantes indicadores celulares e bioquímicos do indivíduo.

Embora seja fundamental a quantificação dos fatores, é ainda mais importante a interpretação deles. Pensando nisso, foi criado um curso de Interpretação dos Principais Exames de Laboratório Clínico. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

A importância dos exames laboratoriais para a saúde

Como dito anteriormente, é de suma importância que um profissional saiba interpretar os resultados dos exames complementares solicitados. Para justificar tal necessidade, é preciso voltar um pouco no tempo se questionar o porquê de terem sido solicitados.

A unidade básica de vida de um ser humano é a célula. Desde cedo aprendemos sobre suas principais estruturas e funções de cada uma delas. Contudo, ao aprofundar nos estudos, fica claro que nem todas as células são iguais, visto que devem ser adaptadas e adequadas para exercer funções distintas no organismo.

Ainda considerando as estruturas microscópicas que compõem um ser humano, não podemos nos esquecer das proteínas, dos carboidratos, das vitaminas e demais nutrientes que, aliados às células, viabilizam a nossa sobrevivência.

O que seria de um organismo com baixa contagem de células de defesa? E se apresentasse uma elevada taxa de glicose? Ampliando os horizontes, quais seriam as condições de um indivíduo com bactérias malignas detectadas na urina?

Por meio dessas perguntas é possível concluir que os componentes bioquímicos e celulares são importantes indicadores de saúde. A mensuração deles é fundamental para o diagnóstico e acompanhamento de casos.

Nesse momento, é preciso ressaltar que a hipótese diagnóstica é estabelecida pelo médico responsável, bem como os fármacos e condutas para tratamento. No entanto, é essencial para o profissional de saúde saber interpretar os indicadores. Quer se capacitar para isso? Veja como obter essa qualificação!

O curso de Interpretação dos Principais Exames de Laboratório Clínico

Sabendo da importância dos exames complementares, a Escola de Enfermagem da Paz oferece o curso de Interpretação dos Principais Exames de Laboratório Clínico. Para que você possa realizar a sua matrícula, deve ser cumprido ao menos um dos requisitos:

O objetivo do curso é capacitar os alunos para que compreendam os resultados de um exame laboratorial, analisando os valores obtidos e comparando-os aos de referência, fazendo correspondência com os aspectos envolvidos.

A partir do momento que você é capaz de interpretar os resultados, é possível chegar em conclusões acerca do quadro clínico do paciente, identificando situações de melhora ou agravo. Por conseguinte, as condutas necessárias podem ser colocadas em prática em tempo hábil, aumentando as chances de sucesso.

Ressaltamos, novamente, que o diagnóstico e prescrições de medicamentos para tratamento são funções de responsabilidade do médico e, portanto, não é uma habilidade trabalhada no curso.

Agora, que tal saber quais méritos serão abordados no decorrer no curso?

As competências para uma boa interpretação

Para que a interpretação possa ser completa, é de suma importância que o profissional enriqueça seus conhecimentos acerca dos mais diversos segmentos envolvidos com saúde e doença. O curso, cuja duração é de 10h, é composto por 9 módulos que serão levantados a seguir.

Introdução

Logo no início, esclareceremos o conceito de exames laboratoriais, englobando as características de análise e as áreas do segmento de laboratórios. Também comentaremos sobre a detecção de erros prévios às análises, bem como as tecnologias que são aplicadas no setor.

Bacteriologia

Em seguida, trataremos de um grupo de organismos muito presente nos exames laboratoriais: as bactérias. É importante saber as culturas em geral, ou seja, quais as principais espécies e suas recorrências nos seres humanos.

Bioquímica

Aprofundando na bioquímica, são diversos os parâmetros que devem ser considerados. A avaliação metabólica e dos perfis, principalmente glicídico e lipídico, pode retratar disfunções importantes. Seguindo nessa linha, os indicadores também são importantes para avaliar desempenho de órgãos, como fígado e pâncreas.

Endocrinologia

Os hormônios são importantes mediadores de atividades no organismo. Em nosso curso, visamos esclarecer sobre o perfil tireoidiano, que retrata o desempenho e eficiência do organismo em reações metabólicas. Falamos, ainda, sobre perfil de fertilidade, analisando os hormônios envolvidos com os sistemas reprodutores masculino e feminino.

Hematologia

Já na parte de hematologia, é ensinado sobre um dos exames mais solicitados para os pacientes: o hemograma. Nele, são contabilizados os elementos figurados do sangue, como glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas, bem como suas subdivisões. Além do hemograma, é feita uma análise da cascata de coagulação, diretamente relacionada com a predisposição para formação de coágulos ou episódios hemorrágicos.

Imunologia

Nesse contexto, são explorados os agentes de defesa do organismo. Tais agentes podem desencadear inflamações, as quais são averiguadas em provas reumáticas, por exemplo. Além disso, engloba diferentes marcadores, como aqueles associados com hepatites virais e os tumorais.

Imunohematologia

Entrando em uma área mais específica da imunologia, associamos ela às análises hematológicas. O teste de Coombs é essencial para detecção de anticorpos presentes nas hemácias, os quais devem ser identificados, principalmente, nas gestações.

Tuberculose

A tuberculose é uma doença causada por um agente infeccioso, a bactéria Mycobacterium tuberculosis. O acompanhamento realizado requer análises periódicas de culturas e testes moleculares, sendo necessário, portanto, entender acerca da baciloscopia.

Uroanálise

Por fim, será abordado sobre a análise de exames de urina, também muito solicitados pelos profissionais. O EQU é um teste qualitativo que retrata diversos parâmetros relacionados ao trato urinário como um todo e à função renal. Há, ainda, a urocultura, que é essencial para detecção de infecções urinárias.

Viu só como são diversos os indicadores que podem ser quantificados por meio de exames laboratoriais? A importância da solicitação e da análise deles é indiscutível para que seja prestada uma boa assistência em saúde. Para isso, é necessário conhecimento e domínio teórico dos principais parâmetros.

Seja um profissional qualificado para realizar uma boa interpretação! Não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo para se matricular no curso de Interpretação dos Principais Exames de Laboratório Clínico!

Comentários

Posts Relacionados