Psicologia na enfermagem: entenda a importância

Psicologia na enfermagem: entenda a importância

O conhecimento técnico é muito importante para o trabalho dos profissionais de saúde. Por outro lado, é fundamental que haja uma preocupação em compreender a postura do paciente e ajudá-lo a superar as dificuldades. Esse é um dos fatores que mostram a relevância da psicologia na enfermagem.

Aplicar uma injeção, dar um remédio ou colocar um curativo não podem ser atividades feitas mecanicamente. Afinal, o aspecto emocional tem um grande peso na qualidade de vida de qualquer pessoa, principalmente, quando ela necessita de cuidados médicos.

Neste post, destacaremos iniciativas que contribuem para os profissionais de enfermagem deixarem os pacientes felizes e mais à vontade em um hospital ou em consultório médico. Confira!

Desenvolver a empatia

Para cuidar de alguém de maneira correta, é positivo ter como característica a empatia. Ela consiste na capacidade de uma pessoa se colocar no lugar da outra. Ou seja, propicia compreender por que um indivíduo está se comportando de determinada forma.

Ao captar o estado de espírito de um paciente, o técnico em enfermagem pode pensar em formas de abordagem que o ajudem a ganhar a confiança dele. Essa iniciativa é fundamental para criar uma relação mais sadia entre ambos.

Além disso, ajuda ao profissional de saúde ter mais paciência para conviver com quem está em tratamento. Mostrar serenidade e boa vontade é indispensável para manter o ambiente em harmonia, o que é muito importante para a recuperação.

Aprimorar a escuta

A psicologia na enfermagem está presente em um fator crucial para qualquer pessoa se sentir respeitada: o direito de ser ouvido. Se o técnico em enfermagem mostra interesse no que o paciente tem a dizer, é um passo valioso para iniciar uma boa parceria entre ambos.

Saber ouvir deve ser uma característica de todos os profissionais de saúde. Mesmo que o outro não esteja dizendo algo relevante, é válido prestar atenção no que está sendo comunicado.

O simples fato de estar disponível para interagir é uma prova de afeto do profissional de saúde pelo paciente. Em momentos difíceis, qualquer apoio é bem-vindo. Isso não pode ser ignorado em hipótese alguma.

Ter foco no diálogo

O desenvolvimento da escuta é determinante para técnico em enfermagem ter uma relação harmônica com o paciente. Também possibilita iniciar o diálogo de maneira construtiva. Com base no que o outro está comunicando, é possível abordar assuntos que mantenham a conversa por mais tempo.

A boa comunicação é peça-chave para o tratamento ser realizado com transparência e respeito ao próximo. Uma palavra de conforto ou de otimismo faz uma grande diferença no dia a dia de pessoas que estão em tratamento médico.

Mesmo que o tema da conversa seja trivial, mostrar carinho pelo paciente é algo que faz bem para a autoestima. Além disso, indica que ele está em um ambiente que prioriza um atendimento humanizado.

Priorizar as capacitações

A busca por melhoria contínua está presente em todos os profissionais. No caso dos técnicos em enfermagem, isso não é diferente. Por isso, a recomendação é participar de treinamentos que propiciem mais conhecimento técnico e habilidades para se relacionar com o público-alvo de maneira construtiva.

À medida que aplica a psicologia na enfermagem, o profissional se mostra mais disposto para ajudar o paciente a ter mais qualidade de vida. Afinal, o aspecto emocional tem uma grande influência em nossa saúde.

Se você quer mais informações sobre os nossos trabalhos, assine a nossa newsletter agora mesmo. Estar informado é algo valioso para tomar as melhores decisões!

Comentários

Posts Relacionados

Você sabe o que são cuidados paliativos? Entenda mais aqui
terça-feira, 24 Março, 2020 - 08:55
Higienização das mãos e sua importância para a saúde
segunda-feira, 23 Março, 2020 - 08:07