Curso de enfermagem: graduação ou técnico, qual a melhor opção?

Curso de enfermagem: graduação ou técnico, qual a melhor opção?

Você terminou o ensino médio e está pensando em continuar os estudos, mas ainda não sabe qual curso de enfermagem deve fazer? Fique tranquilo! Nós o ajudaremos nessa jornada. A diferença principal é que o curso técnico em enfermagem é a nível médio, já a graduação é uma formação de nível superior. Entretanto, em ambos, é possível conseguir sucesso profissional.

Pensando nisso, nós explicaremos ao longo do texto as principais características de cada curso e qual a melhor opção a ser seguida. Boa leitura!

Curso de enfermagem: graduação

A graduação em enfermagem, como já citamos anteriormente, é um curso de nível superior. Ele tem duração, em média, de cinco anos. A formação é voltada para quem quer se tornar um enfermeiro e adquirir competências técnicas, ambiental, ética, política, educativa, cultural e social, para que possa compreender a realidade na qual vivencia.

Com isso, o profissional estará capacitado a ajudar o próximo em questões relacionadas a prevenção de doenças e recuperação da saúde do paciente. É de extrema importância que a pessoa tenha em mente que está cuidando de vidas, sendo necessário ter habilidades para cuidar de pessoas.

Graduação tem duração de cinco anos

Durante os estudos, o aluno aprenderá sobre biossegurança; saúde coletiva; alimentação e nutrição para o cuidado; cuidado integral à saúde da mulher; cuidado do idoso; gestão em enfermagem na atenção básica, entre outros assuntos pertinentes da área de atuação. Além das aulas teóricas, o aluno é convidado a realizar estágio supervisionado.

Principais funções do enfermeiro

O enfermeiro deve estar preparado para prestar assistência de prevenção, proteção, reabilitação, proteção da saúde. O objetivo sempre é o de cuidar do próximo, em busca de intervir no processo saúde-doença.

Algumas atividades do enfermeiro

  • atuar em diferentes áreas das práticas profissionais clínicas e epidemiológicas;
  • usar a tecnologia como aliada no cuidado das pessoas;
  • oferecer cuidados de enfermagem, de acordo com a necessidade de cada pessoa e comunidade;
  • participar de programas de qualificação para aprimorar-se como profissional.

Local de trabalho

  • ambulatórios, clínicas, hospitais, centros pediátricos e de saúde comunitária;
  • centros de pesquisas e de ensinos (nível médio, técnico e superior);
  • administração hospitalar, clínica;
  • consultoria de saúde.

Curso de enfermagem: técnico

Já pensou em fazer um curso técnico em enfermagem? Como foi visto no começo do artigo o aprendizado é a nível médio e tem duração de 2 anos, no qual é dividido em três semestres + estágio obrigatório supervisionado. Nele, o aluno aprende os assuntos em aulas teóricas e práticas.

Após absorver todo o conteúdo do curso, o aluno está apto a realizar o estágio. Com isso, ele passa a vivenciar o dia a dia da profissão para se tornar um técnico capacitado para cuidar do próximo.

Curso tem duração de dois anos

Se você está pensando em fazer um curso de curta duração, essa é a melhor opção para você se inserir no mercado de trabalho, de forma rápida e eficiente. Durante as aulas o aluno aprenderá sobre os fundamentos básicos da enfermagem; fundamentos de enfermagem preventivos e curativos; fundamentos de enfermagem em ambientes especializados e por último realizar o estágio supervisionado.

Principais funções do técnico em enfermagem

Ao concluir os estudos, o técnico em enfermagem estará preparado para cuidar de pacientes de média e alta complexidade, fazer pequenas intervenções e curativos. Esse profissional atua em funções práticas, no qual fica sob a supervisão do enfermeiro.

Algumas atividades do técnico em enfermagem

  • interpretar e aplicar normas de princípios éticos e exercício profissional;
  • ajudar o enfermeiro na programação, planejamento, orientação das atividades de assistência a enfermagem;
  • colocar em prática os novos conhecimentos da profissão, a fim de melhorar seu trabalho em auxílio dos pacientes;
  • participar de equipe multidisciplinar de saúde coletiva e individual;
  • exercer suas atividades livres de danos de negligência, imprudência ou imperícia;
  • participar de programas de vigilância epidemiológica para auxiliar no controle e prevenção de doenças transmissíveis em geral;
  • ajudar o enfermeiro a prestar cuidados de enfermagem a pacientes em estado grave.

Local de trabalho

  • clínicas, redes ambulatoriais e hospitais;
  • casa de repouso;
  • laboratórios de análises clínicas;
  • unidades básicas de saúde e consultórios médicos;
  • abrigos;
  • unidades de diagnóstico;
  • creches;
  • instituições de ressocialização;
  • spas, entre outros.

Média salarial do técnico em enfermagem e enfermeiro

Agora que você já está por dentro do perfil profissional de cada profissão, que tal saber qual a remuneração, em média, que recebe um técnico em enfermagem e um enfermeiro? Confira:

  • técnico em enfermagem: R$ 2.416 (mensal)
  • enfermeiro: R$4.226 (mensal)

Obs.: é importante lembrar que esses valores podem variar dependendo da cidade e da empresa que vai trabalhar.

Principais diferenças entre os cursos de enfermagem

Caso ainda esteja na dúvida se deverá fazer um curso técnico ou superior em enfermagem, não precisa se preocupar, estamos aqui para o ajudar nesta escolha. Sabemos que tomar uma decisão dessa é um passo muito importante, pois mudará toda sua trajetória profissional. Pensando nisso, vamos te dar dicas fundamentais para começar o mais rápido possível a exercer uma profissão.

Uma das principais diferenças entre o curso técnico e o superior em enfermagem é o fato que o primeiro tem apenas dois anos de duração, enquanto o segundo tem um prazo de cinco anos para ser finalizado. Então, você está procurando uma forma de entrar no mercado de trabalho, fazendo o que gosta, de maneira rápida e eficiente? Recomendamos que faça um curso técnico em enfermagem, pois alcançará seus objetivos de forma breve.

Outro ponto que talvez você não saiba, é que para fazer a graduação em enfermagem é necessário ter o nível médio completo, mas o mesmo não acontece com o curso técnico. Caso esteja no 2º ano do ensino médio, com previsão de conclusão concomitante ao técnico, é possível fazer o curso técnico. Para isso, é apenas necessário ter a partir de 16 anos completos para fazer o curso de enfermagem.

E aí, gosto do nosso texto? Deu para tirar todas as suas dúvidas sobre qual curso de enfermagem deverá escolher? Então, que tal já fazer sua inscrição no curso técnico em enfermagem? Garantimos que você não vai se arrepender. Sucesso!

Comentários

Posts Relacionados

Entenda como conseguir um emprego como cuidador de idosos
terça-feira, 20 Agosto, 2019 - 10:35
Entenda como ser um bom técnico de enfermagem
terça-feira, 13 Agosto, 2019 - 10:26