Modelo de currículo: confira agora 7 dicas para se destacar

entrevista de emprego

Quem está à procura de um emprego sabe que o mercado está cada vez mais concorrido. Muitos profissionais têm se esforçado para buscar novos conhecimentos e ficarem atualizados. Entretanto, não basta apenas ter qualificação, é preciso deixar seu currículo atraente para as empresas contratantes.

Se você deseja ingressar na carreira de técnico em enfermagem, saiba que será necessário dedicar um bom tempo para planejar o que vai escrever em seu currículo.

Um bom currículo chamará a atenção de um possível empregador se for escrito de forma coerente, sem erros gramaticais e, sobretudo, com dados importantes de sua área profissional.

Se você deseja se destacar profissionalmente, confira neste post 7 dicas de aspectos importantes para elaborar um currículo de forma que chame a atenção do recrutador para a vaga que você tanto almeja. Confira!

1. Formação profissional

Essa é a parte em que você escreve sua formação profissional. É importante inserir o Curso Técnico de Enfermagem, adicionando o nome da instituição de ensino, cidade e ano de conclusão de uma forma bem sucinta e objetiva.

Caso você ainda não tenha concluído seu curso, pode especificar que ainda está cursando. Nada de mencionar informações que não sejam verídicas. Afinal, esses dados são fáceis para uma conferência, caso a empresa julgar necessário.

Vale também inserir os cursos de extensão e os complementares, como palestras e oficinas relacionadas à área da saúde. Se você participou de uma conferência como palestrante, não se esqueça de mencioná-la.

2. Experiência profissional

Em um bom modelo de currículo é importante que você descreva sua experiência profissional na área preterida. Esteja ciente de que você será avaliado pelo serviço prestado quanto à assessoria, conforto e comodidade dos pacientes.

É importante que procure descrever seus serviços e quais foram os resultados. Por exemplo: "fiz parte da equipe de técnicos em enfermagem que ficou responsável por fazer a triagem de crianças no hospital infantil, resultando no tempo menor de espera dos pacientes. Como consequência, facilitou ainda mais o trabalho dos pediatras, além de proporcionar um trabalho mais próximo da comunidade em que trabalhei."

Observe que, além de escrever a experiência profissional — seja remunerada ou não —, é importante que coloque também os resultados obtidos por meio de seu trabalho.

Outra dica importante é descrever suas atividades sempre começando do mais recente ao mais antigo, colocando nome da empresa, data de permanência, cargo ocupado e resultados alcançados por intermédio de seu trabalho.

3. Estágios

A etapa de estágio é de suma importância para que o estudante comece a se adequar e aprender na prática sobre a futura profissão, sendo supervisionado e avaliado em todo momento pelo professor responsável do curso.

Sendo assim, é importante descrever seus estágios realizados, sejam eles remunerados ou não. Aqui o avaliador verá se houve disposição e competência ao cumprir essa parte tão importante do momento do curso, seja no curso técnico ou em outros cursos complementares.

Portanto, não pense ser desnecessário mencionar seus estágios no currículo supondo que eles não serão valorizados.

4. Trabalhos voluntários

O trabalho voluntariado, além de trazer diversos benefícios para todas as pessoas envolvidas — seja o que realiza a função e os favorecidos —, ainda pode chamar a atenção, de maneira positiva, no seu currículo.

Sendo assim, não deixe de mencioná-lo por pensar que não seja apropriado descrever um trabalho filantrópico. Pelo contrário, o voluntariado é visto de maneira favorável, principalmente por mostrar que você é um profissional da área da saúde que busca alternativas de trabalho para ajudar e cuidar de outros.

5. Síntese de qualificações

Nessa etapa, diferentemente de outras partes mencionadas, é essencial ser mais objetivo e sucinto possível. Se em outras etapas você pode detalhar seus trabalhos e atividades, nesse momento, fará o contrário.

Primeiramente, escreva sua especificação de competência para o cargo como, por exemplo, "Técnico em enfermagem de UTI" e, em seguida, suas qualificações e experiências no âmbito da enfermagem. A partir disso, descreva as atividades desenvolvidas em cada uma das empresas em que trabalhou.

Não se esqueça também de mencionar neste espaço suas características de conduta e de hábito no trabalho: trabalho em equipe, iniciativa para resolução de problemas e outros aspectos relacionados.

Por fim, relate as habilidades e conhecimentos técnicos, como ter domínio em realizar exame de coleta e atuar em UTI, por exemplo.

6. Idiomas

Atualmente, seja em qualquer profissão ou área preterida por um candidato, faz-se necessário o conhecimento de um outro idioma. Isso inclui todas as áreas de atuação. Hospitais e clínicas de saúde requerem de seus profissionais o entendimento de inglês, no mínimo.

Existem termos médicos escritos somente em inglês, como também livros que são úteis para o seu aperfeiçoamento profissional que ainda não foram traduzidos para o português. Por isso, a inclusão da informação de que você possui um outro idioma será muito valorizada.

Agora, caso você ainda não esteja fazendo algum curso, comece o quanto antes para inseri-lo em seu currículo. Não se esqueça de mencionar se está cursando ou já concluiu algum curso de ensino de línguas. Seja sempre sincero e honesto ao colocar tais informações.

7. Referências

Neste espaço você descreve seus antigos trabalhos e funções relacionadas à enfermagem. Dessa forma, seu atual pretendente a chefe poderá se basear e confirmar suas verdadeiras habilidades, atitudes e relacionamento com colegas de trabalho.

Descrevendo suas referências é possível também que entrem em contato com os antigos empregadores para pedir suas informações. Por isso, tenha cuidado e fique atento para quais pessoas você deixará escrito para essa responsabilidade.

Tenha certeza de que as pessoas que trabalharam em seu antigo emprego têm boa impressão e certeza de que você foi útil quando atuou na empresa.

Por fim, ao colocar em prática estas dicas de modelo de currículo, destaque no decorrer de seu histórico profissional alguma parte visual que inclua tópicos ou negrite informações que ache mais relevantes para destacar e facilitar a leitura de seu possível empregador.

Agora que você já conferiu aspectos importantes sobre como elaborar um bom currículo para fazer decolar sua profissão, compartilhe com seus amigos e colegas de profissão em suas redes sociais.

 

Comentários

Posts Relacionados